Ministério da Cidadania responde ao presidente da Câmara

por Fausto Picarelli publicado 15/04/2020 14h35, última modificação 15/04/2020 14h35
O Ministério da Cidadania respondeu ao presidente da Câmara, Valdir de Paiva em relação a ajuda às vítimas da paralisação econômica causada pelo coronavírus.

O Ministério da Cidadania, por meio do secretário especial de Desenvolvimento Social, Sérgio Augusto de Queiroz,  respondeu às solicitações do presidente da Câmara de Jarinu, vereador Valdir de Paiva. A resposta foi em relação a solicitações que o presidente da Câmara jarinuense, fez ao Ministério, sobre ajuda às vítimas da paralisação econômica causada pelo coronavírus.

Há cerca de 15 dias Valdir de Paiva solicitou cestas básicas e ajuda financeira aos moradores da cidade que deixaram de ganhar para seu sustento devido à necessidade de isolamento social para a contenção de infecções pelo vírus.

No ofício enviado ao presidente da Câmara, o secretário Sérgio Augusto elencou uma série de medidas adotadas pelo Governo Federal e pelo Congresso, grande parte delas já divulgadas pelos noticiários, e garantiu que serão repassados, aos fundos de Assistência Social dos municípios, recursos financeiros para o combate às necessidades resultantes da crise que o país passa.

“É triste, para qualquer pessoa, deixar de ter de onde tirar o pão e o leite para sua família. Neste momento é dever de todos nós fazermos alguma coisa para, pelo menos, diminuir as necessidades das pessoas que mais precisam”, garantiu Valdir de Paiva que disse estar, junto à Câmara e os colegas vereadores, entrando em contato com todas as esferas de governo, “com deputados, políticos do Estados e de Brasília, em busca de recursos para essas famílias e para a Saúde da população de Jarinu”, afirmou.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.